A Palavra Livre de Mortágua
Sábado, 1 de Dezembro de 2007
Museu Salazar

Segue um texto publicado no Jornal Voz do Dão pelo amigo Alberto Andrade, de Santa Comba Dão.

Não podia deixar de o transcrever, pois corresponde em pleno à minha opinião.

 

 


 

  1.  Somos confrontados há algum tempo a esta parte com uma discussão entre opiniões aparentemente imutáveis e inconciliáveis.
    Enquanto Santacombadense e Antifascista venho apresentar os motivos que me levam a afirmar-me e a lutar contra a criaão de um Museu a Salazar no meu Concelho:

    António de Oliveira Salazar é um personagem incontornável da história recente do nosso país. Deteve directamente o poder durante 38 anos e viu o seu regime prolongado por mais 6 nas mãos de Marcelo Caetano. Assim, não tenho dúvidas quanto à necessidade de se estudar quer o homem (Salazar) quer a obra (regime ditatorial, apelidado de Estado Novo). Para a realização deste estudo torna-se necessária a intervenção de especialista de uma miríade de áreas científicas, que exercerão a sua análise sobre um ainda mais vasto património. Acontece que a totalidade do espólio deste político se encontra depositado na Torre do Tombo, não me parecendo viável a sua deslocalização para o futuro museu de Santa Comba Dão. Podemos então facilmente perceber que tudo o que a Câmara Municipal possui para tão grandioso empreendimento mais não é que um lote de objectos pessoais e envelhecidos, iguais àqueles que temos nos nossos sótãos pertença dos nosso pais e avós. De cientifico; de político; de histórico nada existe na posse do Município.
  2. Temos assistido nos últimos tempos a uma escalada de tom no discurso da extrema-direita portuguesa. Associado a isto intensifica-se o coro de protestos contra o actual estado da democracia levando alguns a clamar pelo regresso de um Salazar ao poder. Este Salazar por quem o povo clama é um homem de brandos costumes mas de mão firme que saiba dar “uns safanões a tempo”. Como referiu o meu amigo Aurélio Santos: «Os safanões a tempo foram, por exemplo, as balas que mataram Dias Coelho numa rua de Lisboa. Foram as balas que mataram Humberto Delgado na fronteira portuguesa. Os safanões a tempo mataram muita gente no Tarrafal.» É deste Salazar que as pessoas se esquecem. Do torcionário que despachava semanalmente com o Director-Geral da PIDE/DGS. Do ditador que remeteu à fome e à miséria todo um povo com medo de perder o poder. Do tirano que conduziu durante 13 anos uma guerra em África contra o natural desejo de independência dos povos. É este Salazar opressor que uma franja da extrema-direita quer ver renascido. Tivemos já no passado dia 28 de Abril o exemplo daquilo que querem estes grupos de Santa Comba Dão. Um altar. Um local de peregrinação onde possa gritar o seu ódio a tudo e todos. Um local sagrado onde todas as barbaridades que professam sejam válidas e exequíveis.
  3. O actual executivo autárquico, fazendo bandeira do Museu, afirma que encontrou o caminho para fazer sair o concelho da estagnação económica em que se encontra. Com meia dúzia de postos de trabalho? Neste país que tantos anos viveu amordaçado, onde a cultura era um privilégio de algumas elites, não há ainda o hábito de frequentar museus. Basta olharmos um pouco à nossa volta para percebermos que os museus estão “às moscas”. Como pretende pois, o Sr. Presidente da Câmara, convencer-nos de que este investimento, anunciado em 5 milhões de euros, ao que teremos que juntar mensalmente todas as despesas de funcionamento sendo já certos os 2 mil euros mensais entregues a Rui Salazar de Lucena e Melo, venha potenciar o desenvolvimento do Concelho. A construção de tal museu servirá somente para servir o orgulho do actual executivo. Um executivo que face a esta situação bebe inspiração política no ditador do Vimieiro: “Quero, posso e mando!”. Os únicos no concelho a ver a sua situação financeira melhorada serão aqueles que lá venham a ter emprego, o que muito certamente será feito à semelhança do que é relatado por uma jovem conterrânea nossa numa entrevista ao jornal Público no passado dia 22 de Agosto.
    Assim, como Santacombadense e como Antifascista e sem querer entrar em situação de análise política, são estes alguns dos motivos para não querer ver este projecto concretizado.



publicado por Mário Lobo às 13:20
link do post | comentar | favorito
|

3 comentários:
De raio a 1 de Dezembro de 2007 às 13:58
... lamento que Santa Comba Dão eja o seu nome associado ao facismo por incapacidade inteectual dos seus direigentes ...
no entanto não posso deixar de afirmar que a culpa do esquecimento dos aspectos negativos do facismo se deve à forma como os pseudo-democratas têm dirigido politicamente o nosso país.

devo referir ainda que quem não "viveu" nesse periodo negro da nossa história, todos aqueles que em 1974 tinham menos de 12 anos e os que nasceram posteriormante a essa data, não sabe nem poderá ter consciência do que era esse regime politico, sabe sim que os politicos actuais querem é poleiro e que se estão cagando para aqueles que os elegem.

Saudações
Raio do Blogue Trovoada Seca


De Ponte e Sousa a 18 de Agosto de 2010 às 16:39
O que é: "2 mil euros mensais entregues a Rui Salazar de Lucena e Melo"?


De Mário Lobo a 18 de Agosto de 2010 às 16:43
toda a informação referente à luta contra a contrução do museu salazar em Santa Comba Dão se encontra em

http://salazarices.blogs.sapo.pt/


Comentar post

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

No Comboio Descendente...

À Capela

Pendências e Modernices

A Liberdade de Escolher

Dos Partidos e a sua Demo...

Até Amanhã, Camarada!

Estórias do Maio

"Os Animais são Todos Igu...

25 de Abril Sempre!.. Sem...

As Portas que Abril Abriu

arquivos

Março 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Janeiro 2007

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Dezembro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Setembro 2004

tags

todas as tags

links
Contador
Visitantes
Juiz de Fora
blogs SAPO
subscrever feeds