A Palavra Livre de Mortágua
Sexta-feira, 11 de Julho de 2008
Ainda o Museu Salazar
No passado dia 1 de Julho foi discutido na Assembleia da República o
projecto da Câmara Municipal de Santa Comba Dão para a construção da
Casa-Museu Salazar.
Este projecto remonta ao tempo em que Manuel Maria Carrilho era Ministro
da Cultura do governo PS. Tempo em que Orlando Mendes (PS também) era
presidente da autarquia santacombadense. Mais recentemente o actual
executivo camarário (PSD/CDS), presidido por João Lourenço, veio
ressuscitar a ideia do antigo autarca.
Mas se este nunca foi um projecto projecto pacífico, ganhou recentemente
contornos menos claros. Desconhece-se mesmo qual o objectivo e real
interesse de tal projecto. No início Museu Salazar, depois Casa-Museu
Salazar, mais tarde Parque Temático Salazar e agora Centro de Estudos do
Estado Novo. E todos estes nomes no espaço de um ano.
Mais caricato é o espólio "museológico" que a Câmara detém para rechear
o museu, "doado" (a troco de uma renda vitalícia de 2000€ por mês) por
um sobrinho neto do antigo governante do Vimieiro. Nas palavras de um
acessor de João Lourenço há: chinelos, estojo da barba, pente,
restaurador Olex, discos da Amália e outros tarecos do género. De
material de interesse histórico nem um item. O espólio politico
encontra-se na Torre do Tombo e os poucos documentos que estavam na casa
do Vimieiro foram há alguns anos entregues à Univesidade Católica.
Não se pode negar que o homem que mais importância teve no século XX em
Portugal foi António de Oliveira Salazar. Que o digam as largas centenas
de milhares de portugueses que se viram forçados a emigrar para poderem
fazer as suas vidas, muitos aqui para o Luxemburgo. Vidas que em
Portugal estavam condenadas à miséria e à opressão. Com medo de agir,
medo de falar, medo até de pensar pois, a cada esquina, espreitava a
PIDE e o seu exército de bufos que, tal e qual Judas, vendiam vizinhos,
amigos e até família por quaisquer 30 dinheiros. E para os homens
acrescia a ameaça da ida para a guerra: 4 anos por terras de África.
Centenas de milhares de jovens voltaram traumatisados e estropiados para
a vida. Muitos nem sequer voltaram, pagando com a vida uma aberrante
política colonialista.
Outros ainda, não tendo ido à guerra sofreram na pele a violência dos
"safanões a tempo" que a PIDE administrava aos que se recusavam a
aceitar a ditadura fascista. Foi um desses "safanões" que matou Humberto
Delgado, outro que matou o pintor Dias Coelho, e muitos outros. Foram os
"safanões" que espancaram, torturaram, humilharam e encarceraram
milhares de portugueses.
E tudo sob o olhar atento e complacente do ditador de Santa Comba Dão.
A Assembleia da República discutiu e entendeu, por larga maioria (com os
votos contra do PSD e do CDS), que o projecto do Museu, ou lá o que lhe
queiram chamar, mais não pretende criar um relicário àquela que foi a
mais ignóbil e vil figura do século XX em Portugal.
Ao invés deste altar faça-se um espaço de memória para que os vindouros
nunca se esqueçam do que foi o regime fascista e estejam atentos e
informados o bastante para, mal comece a surgir, impeçam outro Salazar
de se levantar.


publicado por Mário Lobo às 17:01
link do post | comentar | favorito
|

mais sobre mim
pesquisar
 
Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28
29
30
31


posts recentes

No Comboio Descendente...

À Capela

Pendências e Modernices

A Liberdade de Escolher

Dos Partidos e a sua Demo...

Até Amanhã, Camarada!

Estórias do Maio

"Os Animais são Todos Igu...

25 de Abril Sempre!.. Sem...

As Portas que Abril Abriu

arquivos

Março 2012

Outubro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Outubro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Janeiro 2007

Julho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Dezembro 2005

Setembro 2005

Julho 2005

Junho 2005

Setembro 2004

tags

todas as tags

links
Contador
Visitantes
Juiz de Fora
blogs SAPO
subscrever feeds